quinta-feira, 19 de abril de 2018

Senado aprova projeto para combate ao bullying e violência nas escolas


Senado aprova projeto para combate ao bullying e violência nas escolas
Foto: DR
Os senadores aprovaram em plenário nesta terça-feira (17), em votação simbólica, o projeto de lei que inclui entre as atribuições das escolas a promoção da cultura da paz e medidas de conscientização, prevenção e combate a diversos tipos de violência, como o bullying. A matéria segue para sanção presidencial. O projetoda deputada Keiko Ota (PSB-SP), altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional para incrementar o combate a todas as formas de violência nas escolas, reforçando a Lei de Combate ao Bullying. A relatora da proposta em Plenário, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), informou que dados do Diagnóstico Participativo das Violências nas Escolas, feito em 2016 pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais em parceria com o Ministério da Educação, apontam que 69,7% dos jovens afirmam terem visto algum tipo de agressão dentro da escola, seja agressão verbal, física, discriminação, bullying, furto, roubo ou ameaças. Para Simone Tebet, o projeto complementa a Lei de Combate ao Bullying. A senadora observou que o bullying é “um dos males” enfrentadas atualmente por crianças e adolescentes. 

Suspeitos de explodir carro-forte na BA são presos em PE com cédulas queimadas e carros roubados; armas são apreendidas


Suspeitos de explodir carro-forte na BA são presos em PE com cédulas queimadas e carros roubados; armas são apreendidas
Quatro homens suspeitos de ter explodido um carro-forte na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, foram presos na terça-feira (17) na cidade de Petrolina, em Pernambuco. A informação foi divulgada ao G1 pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), nesta quarta-feira (18). De acordo com a SSP, no momento da prisão, o grupo estava com algumas cédulas queimadas, equipamentos para adulteração de chassis de veículos, além de quatro carros roubados. Já em uma casa ligada aos suspeitos, na cidade de Juazeiro, conforme a SSP, foram achadas três armas -- um fuzil 762, uma espingarda calibre 12 e uma pistola ponto 40. Os homens foram identificados como Ricardo Lopes Silva, de 29 anos, Rair Félix Caetano, de 28, José Nílton dos Reis Souza, de 26, e Cicero Souza Cajarana, de 33. Os suspeitos e os carros apreendidos em Petrolina foram apresentados em uma delegacia da cidade.

Golpe da recarga grátis pelo WhatsApp já fez mais de 26 mil vítimas


Golpe da recarga grátis pelo WhatsApp já fez mais de 26 mil vítimas
Com a oferta tentadora de recarga de celular, um novo golpe vem sendo executado no WhtasApp. A mensagem já enganou mais de 26 mil usuários do aplicativo em menos de 24 horas. Na mensagem, a recarga de R$ 70,00 em créditos é oferecida em troca do compartilhamento de um link malicioso pelo app. Tal endereço leva à instalação de apps para gerar faturamento aos criminosos, e a recarga prometida nunca ocorre. De acordo com o Tech Tudo, o ataque foi identificado pela PSafe, por meio do aplicativo DFNDR security. Segundo a empresa de segurança, as vítimas seguem crescendo e, aparentemente, está circulando apenas no Brasil. No ciberataque, a página visitada pelas vítimas contém comentários falsos do Facebook que simulam usuários beneficiados com as recargas. Os depoimentos acabam encorajando a pessoa a compartilhar a mensagem com os amigos para ter o mesmo benefício.
Para sua proteção a este e outros ataque, é importante desconfiar de links recebidos em mensagens, mesmo que estas sejam enviadas por amigos ou familiares. Alguns aplicativos de segurança podem ajudar na tarefa, alertando sobre a presença de links perigosos. O DFNDR security conta com uma ferramenta anti-phishing capaz de identificar conteúdo suspeito no WhatsApp, Facebook Messenger ou em mensagens SMS. É possível encontrar recursos parecidos também em soluções como AVL e Avira. (Noticias ao Minuto)

PM deteve 4 assaltantes após roubar um celular no São Judas Tadeu


PM deteve 4 assaltantes após roubar um celular no São Judas TadeuPor volta das 19 horas de quarta feira, 18/04/2018, a PM deteve 4 bandidos nas proximidades da faculdade FTC, na Rua Antônio Orrico, bairro São Judas. Uma senhora contou que três indivíduos com uma faca anunciaram o assalto e levaram seu celular (um Motorola G5 preto). Os policiais militares conseguiram deter os meliantes no largo do viveiro, Romario Messias dos Santos, 24 anos e Paulo Henrique de Jesus Santos, 18 anos, cada um com uma faca. Eles confessaram o crime e indicaram um terceiro elemento, Kaue de Jesus Santos, 21 anos, encontrado com esses: quatro celulares e mais uma arma branca usada no assalto. Um adolescente de 17 anos, suspeito de também fazer parte do bando, foi apreendido. Todos foram conduzidos para a delegacia juntamente com os objetivos roubados.

Moto furtada é três dias depois


Moto furtada é recuperada três dias depoisPoliciais militares do 19° BPM recuperaram uma moto furtada que estava abandonada há cerca de dois dias na Rua Vovó Camila, no bairro Jequiezinho. A moto foi furtada n último domingo em frente a uma Igreja no Alto da Coelba, de posse das informações contidas no chassi eles levaram o veículo para o Complexo Policial de Jequié. A motocicleta modelo Yes, de cor Azul, estava sem placa e sem chave.

Lei que prevê até cadeia para crime de trânsito entra em vigor

Entra em vigorar nesta quinta-feira (19) a Lei 13.546/2017, que ampliou as penas mínimas e máximas para o condutor de veículo automotor que provocar, sob efeito de álcool e outras drogas, acidentes de trânsito que resultarem em homicídio culposo (quanto não há a intenção de matar) ou lesão corporal grave ou gravíssima. A nova legislação, sancionada pelo presidente Michel Temer em dezembro do ano passado, modificou artigos e outros dispositivos do Código Brasileiro de Trânsito (Lei 9.503/1997).  Antes, a pena de prisão para o motorista que cometesse homicídio culposo no trânsito estando sob efeito de álcool ou outras drogas psicoativas variava de 2 a 5 anos. Com a mudança, a pena aumenta para entre 5 e 8 anos de prisão. Além disso, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir.

Itagibá: Polícias cumprem mandados judiciais






Por volta das 6h do dia 19/04/2018 a Polícia Civil através da *9° COORPIN  juntamente com Guarnicoes da CIPE Central* deflagraram uma operação conjunta na cidade de Itagibá no intuito de capturar indivíduos acusados de homicídios e porte ilegal de arma de fogo. Ao todo foram cumpridos  cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão. A operação contou com a participação de 41 policiais e resultou na condução de nove pessoas e apreensão de três armas de fogo, quatro veículos, munições de diversos calibres além de documentos de identificação falsos.

*CONDUZIDOS:*

▪ Vanderlan Cardoso da Silva 33 anos, _*_Flagranteado e mandado de prisão*__
▪Alan Marques Santos, 31 anos. _**Flagranteado e mandado de prisão**_
▪Pedro Aragão Pinheiro, 62 anos, _*_Flagranteado*__
▪Jéssica Araújo Oliveira 27, _*mandado de prisão*_
▪Cláudio da Silva Cardoso, 37 anos
▪Warley costa da Silva, 25 anos
▪Maqueide Alves da Silva, 22 anos
▪C.H.S.C ,14 anos
▪Alan Alves da Silva

*MATERIAIS APREENDIDOS:*

▪Fiat Toro - Placa PCS9713;
▪ Ford Ranger OPR 3362 Itamaraju BA
▪ VW Gol NYM 3757 Alagoinhas BA
▪Fiat Uno placa JPR 3531 Jitaúna BA
▪VW Gol placa PKR 0776 Itabuna BA
▪01 revólver calibre .38 de numeração 1816909, marca Taurus, com 6 munições;
▪1 revólver Taurus Calibre 38 NO MH 826796 com 6 cartuchos intactos;
▪1 Espingarda Cal .12 de Repetição Magiech MDO 586.2 Nob123192 com 21 cartuchos intactos;
▪R$6.162,00
▪8 Munições Cal 38.
▪3 Celulares
▪Diversos documentos de veículos
▪Notas Promissórias preenchidas
▪Diversos Cartões Bancários
▪Documentos pessoais
▪Diversas Jóias

FONTE: Polícia Civil e CIPE Central